A intervenção precoce compreende o conjunto de intervenções destinadas a crianças entre os 0 e os 6 anos de idade, à sua família e ao meio que as rodeia, que visam responder o mais rapidamente possível às necessidades temporárias ou permanentes de crianças com alterações do desenvolvimento ou que estão em risco a vir a sofrer alterações. Estas intervenções devem considerar a criança na globalidade, deve ser planeado e orientado por uma equipa multidisciplinar (GAT, 2005).

 

A plasticidade neuronal característica nas primeiras fases da vida, faz com que este seja um período muito importante para alcançar um melhor desenvolvimento global da criança em todas as áreas. Actuar numa fase inicial da vida de uma criança com acondroplasia é muito importante para a prevenção de deformidades ortopédicas mais exacerbadas (que está na base de alterações motoras, fisiológicas e da linguagem) e das dificuldades sociais que ocorrem causadas por esta condição (Psique-Ex, 2010).

 

A intervenção precoce é a base para melhorar o desenvolvimento da criança e prevenir possíveis complicações no futuro. É importante ressalvar que trabalhamos todas as áreas de desenvolvimento na intervenção precoce na infância com crianças com acondroplasia.

Acreditamos que é muito importante que a família possa receber, a partir do momento que recebem um diagnóstico, apoio psicológico de forma a incentivar o vínculo com a criança que nasceu (Pegenaute, 2010).

 

A Fundação ALPE em colaboração com o grupo de pesquisa Psique-Ex, Universidade de Extremadura, produzir em 2010 o Guia de intervenção precoce para a acondroplasia “Um outro olhar”, destinado a pais e profissionais de saúde e educação. Neste guia é explicado com detalhes como focar a atenção na Intervenção precoce da acondroplasia e está disponível, entre outros documentos, na seção de Intervenção precoce da nossa Biblioteca.

 

 

Bibliografia

 

Atención temprana, Resumen del Libro Blanco, GAT, 2003

GAT, Libro blanco de la atención temprana, Real Patronato sobre Discapacidad, 2003

Carta ALPE, Pegenaute, GAT, 2010

Guía de Atención Temprana en acondroplasia, PsiqueEx, 2010